Alckmin estuda conceder à iniciativa privada linha da CPTM que vai para o aeroporto de Cumbica



O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 6, que a administração está estudando conceder à iniciativa privada a operação da Linha 13 da CPTM, que vai ligar a capital de São Paulo ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.




A linha terá na sua primeira fase 12,2 km e três estações, Aeroporto Guarulhos, ao lado do terminal 1 do aeroporto, Guarulhos-CECAP e Engenheiro Goulart na Capital Paulista onde será feita a ligação com a Linha 12-Safira da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Ainda segundo Alckmin a promessa é inaugurar as estações que farão parte do trecho em março de 2018, em pleno ano eleitoral.
“Nós teremos novas concessões na área metroferrovária”, afirmou Alckmin, quando perguntado por jornalistas se seu governo iria apresentar alguma nova concessão além das já anunciadas. “Está se estudando também a linha 13 da CPTM, que é a linha nova que vai para o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos”, disse o tucano.



Ele voltou a afirmar que as turbulências políticas do País não alteram o cronograma de concessões do governo do Estado. “Nós não estamos mudando o cronograma em razão da turbulência política, pelo contrário, nós temos é que trabalhar, trabalhar mais, suar a camisa para não deixar prejudicar a economia”, disse Alckmin.
Tecnologia do Blogger.