Bilhete Único Especial precisa ser renovado por usuários

Passageiros com deficiência que utilizam ônibus na capital estão reclamando da convocação para perícia médica para renovação do Bilhete Único Especial, gratuito para portadores de necessidades especiais, no posto da SPTrans no Pari (centro), empresa sob a gestão do prefeito João Doria (PSDB).

A prefeitura afirma que está recadastrando as pessoas com deficiências permanentes, para que elas recebam um Bilhete Único que tenha validade por tempo indeterminado.

São 200 mil cartões nessa situação -atualmente, apenas 17 mil são permanentes.
Uma equipe médica está avaliando as limitações de cada usuário para decidir a concessão do benefício.
Resposta
A SPTrans, empresa da gestão João Doria (PSDB), afirmou por meio de nota que está convocando os passageiros com deficiências permanentes para passar por perícia e, assim, receber o Bilhete Único sem prazo determinado.
Segundo a empresa, a partir do dia 1º de setembro, o cartão já terá a nova validade. Sobre o posto do Pari, a SPTrans afirmou que a a escolha do prédio para o recadastramento se deve pelo fato do espaço oferecer maior acessibilidade e atendimento humanizado aos usuários.

O órgão disse ainda que qualquer deficiente pode ser convocado para auditoria médica. Cerca de 200 pessoas são convocadas diariamente para realização de auditoria médica no Pari.

             DEIXE SEU COMENTÁRIO             
              CURTA NOSSA PÁGINA              


Tecnologia do Blogger.