Grávida de 7 meses é agredida no Metrô de SP em tentativa de assalto

Suspeito foi identificado, localizado e preso. Ele já tem passagem pela polícia por latrocínio, quando o roubo é seguido de morte.


Uma mulher grávida de sete meses foi agredida dentro de um veículo do Metrô na manhã desta quarta-feira (25) no Centro de São Paulo. O agressor foi preso. A jovem, que preferiu não se identificar, contou que mexia no celular quando Pedro Cruz, de 26 anos, tentou roubá-la, na altura da estação da Luz.


“Ele estava de pé, como um passageiro comum, e eu estava sentada, mexendo no meu celular. Daí ele tentou puxar o aparelho da minha mão e, como não conseguiu, fechou a mão e deu um murro no meu rosto”, contou. “Nisso, a porta apitou, e ele saiu correndo. A moça que estava no banco da frente me ajudou a procurar a estação mais próxima e o atendimento”, completou.


Apesar da violência da agressão, a mãe e bebê passam bem.
O suspeito Pedro Cruz foi localizado e preso no 2º Distrito Policial (DP), no Bom Retiro. Ele já esteve no sistema prisional por ter sido condenado a 13 anos de prisão por latrocínio, o roubo seguido de morte. O homem cumpriu 7 meses de pena e voltou para as ruas, respondendo ao processo em liberdade.

Fonte: G1


        DEIXE SEU COMENTÁRIO        
         CURTA NOSSA PÁGINA         

Tecnologia do Blogger.