Defesa do Consumidor coloca metrô de SP na Justiça por coletar dados emocionais de usuários




Para acabar com a prática, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) se juntou a outras entidades para mover uma Ação Civil Público. De acordo com a alegação principal, a tecnologia utilizada pela administradora é ilegal.


A coleta funciona por meio das portas interativas digitais, as quais filmam os rostos dos passageiros e indicam as suas possíveis emoções. Entre elas, estão “jovem triste”, “adulto feliz” ou “mulher com raiva”. Leia a seguir um resumo da ação:

A coleta dos dados havia sido anunciada em maio deste ano. Na ocasião, a ViaQuatro afirmou que as portas interativas seriam um novo recurso para incrementar a comunicação com o passageiro, pelas campanhas de orientação e anúncios publicitários.

Fonte: Tudo Celular


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   
    CURTA NOSSA PÁGINA    

Tecnologia do Blogger.