Licitação para retomar obras na Linha 15-Prata deve ser concluída no final do mês


Foto: TV Globo/reprodução

O Metrô deve concluir o processo de licitação para contratar a nova empresa para retomar as obras da Linha 15-Prata do Monotrilho até o fim do mês de janeiro. Segundo a companhia, a empresa que deveria finalizar as obras das quatro estações que não foram inauguradas foi multada em R$ 8 milhões. O contrato com a empresa que terminaria essas quatro estações foi encerrado em 2018.

As outras quatro estações faltantes foram prometidas até o final deste ano e chegar até São Mateus. No entanto, algumas obras apresentam abandono.


Embaixo da futura estação São Mateus, a barreira entre o trânsito e a obra caiu. Não há separação e no local tem material abandonado e sacos de argamassa perdidos.

Em Sapopemba, a obra parada bloqueia a faixa de pedestres e não há um caminho provisório no local. Na entrada tem restos de madeira e lixo. As escadas rolantes começaram a ser instaladas, mas o serviço foi paralisado.


A estação Jardim Planalto ocupa a calçada. De um lado, entulho e material de construção e do outro, água parada. O Metrô colocou seguranças para tomar conta dos canteiros.

De acordo com o Metrô, o fabricante das escadas e dos elevadores parados foi chamado para fazer o conserto.

(*) Com informações do Portal G1 


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

Tecnologia do Blogger.