Vídeo mostra menino de 3 anos saindo de vagão de Metrô de SP até ser atropelado e morto


Vídeos do Metrô de São Paulo registraram o momento que um menino de 3 anos deixa sozinho o vagão até entrar num túnel e ser atropelado e morto por outra composição na estação Santa Cruz, Zona Sul da capital, em 23 de dezembro de 2018. Segundo registro do Hospital São Paulo, Luan Silva Oliveira morreu em decorrência de “traumatismo crânio encefálico” ao ser atingido na cabeça pelo trem.

Os vídeos (assista abaixo), laudo do Instituto de Criminalística (IC) da Superintendência da Polícia Técnico-Científica, e a causa da morte da criança foram entregues à Polícia Civil e divulgados nesta segunda-feira (11) à imprensa pelo advogado Ariel de Castro Alves, que representa a família de Luan.


Para ele, as cenas e relatórios isentam a mãe do garoto, Linéia Oliveira Silva, de qualquer responsabilidade pela saída de Luan do trem e, consequentemente, na sua morte.

“Ela fez o que estava ao alcance dela e não tem culpa pela tragédia que ocorreu com seu filho. As imagens também confirmam o depoimento de Linéia na Delegacia do Metrô [Delpom] no início do ano”, disse Ariel a respeito de Linéia nesta segunda-feira (11) ao G1.


“Ele passou na porta, que já tinha apitado. Como ele era pequenininho só deu tempo de ele passar. Quando ele passou, eu desesperei. Comecei a bater, gritar. Todo mundo ficou gritando: ‘para o metrô’, mas não conseguiram parar”, havia dito Linéia sobre Luan no ano passado.

Veja também:

"Eu nem estou dormindo direito", falou Linéia nesta segunda pela manhã em entrevista coletiva. "Para mim ele não morreu não".

(*) Com informações do Portal G1
Tecnologia do Blogger.