Prefeitura divulga lista de empresas que vão disputar concessão de ônibus da cidade


Foto: Aílton Oliveira/Mobilidade SP

A lista com a relação de empresas que vão disputar a concessão das linhas locais de ônibus na cidade de São Paulo foi divulgada no último sábado, no Diário Oficial do Município. São oferecidos treze lotes do chamado Grupo Local de Distribuição, que realiza o transporte dentro dos bairros, além de fazer a ligação com os terminais, as estações de metrô e de trens.

A previsão é que o valor dos contratos para esta modalidade chegue a casa dos R$ 22 bilhões. Apenas a empresa Imperial, saiu da licitação porque não apresentou as certidões de regularidade com a União.


Estão na disputa: Consórcio TransNoroeste, Transunião, Up-Bus, Pêssego Transportes, Allibus, Transunião, Move Buss, A2 Transportes, Transwolff, Transcap e Alfa Rodobus.

A próxima fase consiste na abertura das propostas comerciais das empresas em sessão pública, marcada para o dia 15 de março.

Além do Grupo Local de Distribuição, o edital prevê também o sistema Estrutural, para transportar passageiros por corredores e vias de grande movimento. E uma nova modalidade, de Articulação Regional, que fará a ligação direta entre bairros.


Esta é a maior licitação de transportes do país, e, ao todo, soma mais de R$ 70 bilhões em contratos. A maioria das empresas que disputa a concessão de linhas já atua no sistema de ônibus da capital paulista.

A tentativa de licitar as linhas de ônibus paulistanas por 20 anos se arrasta desde 2013, quando os contratos anteriores venceram. Desde então, o Tribunal de Contas do Município (TCM) aditou, por diversas vezes, a nova disputa devido à identificação de irregularidades. Atualmente, os contratos vêm sendo renovados de forma emergencial.

(*) Com informações da Rádio Jovem Pan


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

            LEIA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.