Metroviários de SP decretam estado de greve no Metrô a partir desta sexta-feira(12)


Foto: Esquerda Diário

Em assembleia realizada na noite da última quinta-feira, 11 de abril, o Sindicato dos Metroviários decretou estado de greve a partir desta sexta-feira (12).

De acordo com o sindicato, “após duas reuniões de negociação, o Metrô insiste em reajuste zero, retirada de vários direitos do Acordo Coletivo e fim do Plano de Saúde do Metrus”.


Segundo o sindicato, os funcionários receberam uma carta do Metrô, na qual estavam sendo assediados pela companhia. Em forma de protesto, os metroviários decretaram as seguintes deliberações:

– 15/4: Uso do colete (Estação e Tráfego) e adesivo (Segurança, Administração e Manutenção). Não realizar horas extras nem quebra galhos

– 15/4: Café com usuário na estação Tatuapé, às 17h e campanha com abaixo-assinado contra a reforma da Previdência


– 16/4: Café com usuário na estação Jabaquara, às 17h e campanha com abaixo-assinado contra a reforma da Previdência

– 17/4: Reunião de negociação com a empresa

– Participação no 1º de Maio Unificado, a partir das 10h, na Praça da República

– Assembleia Geral em 17/4


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.