Metroviários se reúnem nesta segunda-feira (29) para deliberação e organização da Greve na próxima terça-feira (30)

Foto: Paulo Ianone/Metroviários

Os metroviários irão se reunir em assembleia geral nesta segunda-feira, dia 29 de abril, a partir das 18h30. De acordo com o Sindicato, a reunião será para deliberação e organização da Greve.

Na última quinta-feira, dia 25 de abril, os funcionários do Metrô aprovaram em assembleia uma greve para próxima terça-feira, dia 30 de abril.


Desde o dia 11 de abril os metroviários estão trabalhando em estado de greve, utilizando coletes com mensagens sobre a campanha salarial, contra a privatização do Metrô e o projeto de reforma da previdência proposto pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Eles estão realizando atividades nas estações, dialogando com os passageiros e coletando assinaturas de um abaixo assinado contra a reforma.

A categoria reivindica reajuste salarial de 4,32%, mais aumento real de 19,1% para repor as perdas dos últimos anos, aumento igual para o vale-refeição e vale-alimentação de R$ 726. Eles também pedem equiparação salarial, para sanar problemas de defasagem salarial.


Quando os funcionários são promovidos, não recebem o salário do piso da função e levam um ano para atingir o piso, ou seja, ganham menos do que a função de origem”, explica o sindicato.

A paralisação, se ocorrer, deve afetar a operação das Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata. As linhas 4-Amarela e 5-Lilás são operadas por concessionárias e não correm risco de pararem caso de fato ocorra a greve dos Metroviários.


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.