PRIVATIZAÇÃO: Intervalo entre trens da CPTM diminuirá para 3 minutos após concessão


Foto: Aílton Oliveira/Mobilidade SP

De acordo com uma publicação de um site especializado em transportes internacionais, o Metro Report, os trens da linha 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) devem ter seus intervalos entre trens diminuídos dos aproximadamente 10 minutos para apenas 3 minutos após concessão das duas linhas a iniciativa privada.

Com isso, as duas linhas abrem espaço para novos passageiros, atualmente a linha 8 transporta cerca de 478.700 usuários por dia e com a concessão e diminuição do intervalo entre trens o número de passageiros deve aumentar para 530.000 até 2020. Na linha 9 o número de usuários também deve aumentar com a conclusão da extensão da linha até Varginha.


Ainda de acordo com a matéria, a concessão das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda está prevista para setembro de 2019 e o recebimento das propostas até o final do ano, provavelmente em dezembro. Com isso os dois ramais serão as primeiras linhas de trens urbanos operadas pela iniciativa privada em São Paulo.

Por causa da ampla modernização nos últimos anos e o aumento no número de passageiros que está crescendo rapidamente, as linhas 8 e 9 são consideras as que tem maior potencial de gerenciamento pelo setor privado.


O vencedor da concessão deverá investir R$ 3 bilhões no desenvolvimento da infraestrutura, concluir a extensão da linha 9 de Grajaú para Varginha, na qual começou o trabalho em 2013, e renovar a sinalização em ambas as linhas para permitir os intervalos de 3 minutos entre trens.

A publicação cita também que o modelo PPP (Parceria Público-Privada) é bem estabelecido em São Paulo, com o setor privado já operando as linhas 4-amarela e 5-Lilás do metrô, 15-prata do monotrilho e a futura linha 17-ouro também do monotrilho, ainda em construção.

(*) Com informações do Metro Report via Via Trólebus 


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.