Segunda viagem de teste do expresso turístico da CPTM entre Santos e São Paulo é realizada

Expectativa é ter um trem turístico operando já na próxima temporada na Baixada Santista.
Foto: Wikipedia

Mais um teste da linha férrea entre a capital paulista e Santos, no litoral de São Paulo, foi realizado nesta quarta-feira (26). A composição com dois vagões de passageiros partiu de Riacho Grande, fez paradas em Taboão da Serra e Paranapiacaba e encerrou o trajeto no bairro Saboó, em Santos.

De acordo com o deputado estadual Professor Kenny (Progressistas), a expectativa é ter um trem turístico operando já na próxima temporada. Ele destaca que as composições de passageiros ainda devem depender da interligação com o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), cuja nova fase contemplará uma estação no Valongo.


A viagem na composição da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), operada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), durou duas horas. O objetivo é que seja criada uma linha do Expresso Turístico até Santos. Atualmente, há as linhas Luz-Jundiaí, Luz-Mogi das Cruzes e Luz-Paranapiacaba da CPTM.

Primeiro teste

Na última semana, foi realizada a primeira viagem de teste. O trem saiu da estação da Luz, no Centro de São Paulo, e desceu a serra em direção ao Terminal de Passageiros de Navio de Cruzeiros de Santos. De acordo com o deputado, a estimativa é que o percurso entre a Estação da Luz e Santos, sem as paradas, dure aproximadamente 1h30.


Ainda segundo o deputado estadual, outras estações estão sendo estudadas para serem colocadas no trajeto. O preço sugerido também está sendo estudado. A previsão é que a passagem varie entre R$ 15 e R$ 20.

Proposta antiga

Em 2017, o secretário de Turismo de Santos, Rafael Leal, apresentou a proposta de reativação da linha turística ao secretário de Estado de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni. De acordo com a pasta, são feitas gestões junto à Secretaria de Estado dos Transportes há mais de dez anos.

(*) Com informações do Portal G1


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.