Segundo Prefeitura Vale-transporte volta a permitir até 4 embarques em 3 horas a partir desta segunda-feira (10)

Prefeitura diz que cumpre determinação da Justiça, mas vai recorrer porque provoca gasto de R$ 650 milhões por ano para subsidiar transporte.


Foto: Adriana Toffett

A Prefeitura de São Paulo informou neste domingo (9) que a partir da 0h desta segunda-feira (10) os usuários do sistema poderão realizar até 4 embarques em ônibus diferentes no período de 3 horas ao valor de R$ 4,30.

A medida ocorre em cumprimento a uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo e, segundo a Prefeitura, após o período necessário para mudança no sistema dos validadores de 15 mil ônibus.


A administração municipal informa que está recorrendo da decisão, uma vez que ela representa um gasto adicional de R$ 650 milhões por ano para subsidiar, com dinheiro da população de São Paulo, uma obrigação que cabe às empresas.

O Tribunal de Justiça de São Paulo barrou, no final de março, a mudança imposta em decreto assinado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) que reduziu o número de embarques para usuários do vale-transporte na capital. O vale-transporte é fornecido ao usuário pela empresa em que trabalha.

A mudança, que passou a valer no dia 1º de março, determinou que passageiros teriam três horas para fazer até dois embarques em ônibus municipais da SPTrans. Antes, o vale-transporte permitia que o passageiro embarcasse em até quatro ônibus no período de duas horas. Para o Bilhete Único comum, não houve alteração.

(*) Com informações do Portal G1


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.