Terminal Jabaquara recebe ONG que irá atender mulheres vítimas de violência

Programa Bem Querer Mulher conta com dois centros de apoio à vítimas de violência doméstica, que oferecem apoio social e assessoria jurídica  


Os agentes da ONG Bem Querer Mulher vão atender as mulheres vítimas de violência no Terminal Jabaquara, zona sul de São Paulo. O atendimento acontecerá das 10h às 14h desta terça-feira (4).

Em parceria com o EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que cedeu o espaço do terminal, a ação tem como propósito reencaminhar as vítimas para atendimento completo dentro dos centros de apoio do projeto Bem Querer Mulher. A ONG, fundada em 2004 com o apoio da ONU Mulheres, tem como propósito combater a violência contra a mulher no Brasil.

Uma vez dentro das instituições de apoio, a mulher que busca ajuda terá assessoria jurídica e apoio psicológico com os especialistas das unidades, localizadas no bairros Jabaquara e Itaim Paulista.

Jandayara Alves, coordenadora social do Bem Querer Mulher, que trabalha no centro localizado no Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo, contou sobre a metodologia utilizada pelo programa no atendimento às mulheres. "Nosso foco é o acolhimento, empoderando da mulher de todas as formas, para então começarmos a pedir seus direitos", afirmou Jandayara.


A coordenadora social do projeto relatou que, depois do processo de acolhimento, a ONG auxilia em todos os procedimentos jurídicos e serviços que uma mulher vítima de violência doméstica pode precisar. Ela explicou que a mulher que busca ajuda nestes casos sofre com "vários tipos de vulnerabilidade”.

Por isso, o projeto auxilia a vítima, além de possíveis denúncias contra os agressores, em outros requerimentos como pedido de pensão, assistência social, acompanhamento médico-hospitalar e abrigo, de acordo com Jandayara.

(*) Com informações do Portal R7


   DEIXE SEU COMENTÁRIO   

            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.