ACIDENTE: Idosa de 62 anos é arrastada por ônibus após ficar com braço preso na porta

Segundo testemunhas, condutor não viu que a vítima ainda estava descendo do veículo e fechou a porta.

Foto: Jeff Dias/ GESP (Imagem Ilustrativa)

Uma idosa de 62 anos foi arrastada após ficar com o braço preso na porta de um ônibus enquanto descia do veículo em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo testemunhas, a vítima teve hematomas e foi encaminhada ao Pronto Socorro.

O condutor socorrista Cristiano Silva dos Santos, um dos passageiros que ajudou a vítima, relata que o acidente ocorreu na Avenida Thiago Ferreira, bairro Vila Alice. De acordo com ele, a idosa deu sinal para descer, mas o condutor parou fora do ponto de ônibus, em um local onde é proibida a parada.


"Quando ela desceu, o motorista fechou a porta e o braço dela ficou preso, sendo arrastada por um trecho. Após isso gritarmos e o veículo parou", relata.

O socorrista também conta que o condutor do transporte coletivo só ajudou a idosa após os passageiros pedirem. "Ele não ia descer, então o chamei e falei que ele deveria prestar auxílio. Os outros passageiros pegaram outro ônibus e o motorista aguardou no local", afirma.


De acordo com Cristiano, a idosa teve hematomas na mão esquerda, além de dores na região lombar, braços e pernas. "Eu fiquei com ela fazendo a estabilização da coluna cervical e da cabeça", explica. Enquanto os passageiros ajudaram a vítima, socorristas foram acionados.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Guarujá informou que a paciente foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, onde recebeu todos os cuidados e foi liberada posteriormente.

A reportagem da TV Globo entrou em contato com a EMTU, empresa responsável pelo ônibus do acidente, mas não obteve retorno.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.