Aproveite o mês de julho para conhecer museus próximos ao Metrô

Capital conta com opções de lazer, cultura e educação com programações para toda a família e ingressos acessíveis (gratuitos aos sábados)

Quem quer aproveitar o mês de julho para fazer passeios culturais não pode deixar de visitar os Museus da capital que têm a comodidade de serem próximos ao Metrô. São sete opções de lazer, cultura e educação com programações para toda a família e ingressos acessíveis – os espaços oferecem ainda entrada gratuita aos sábados.

Para o jornalista Tácio Fonseca, é fundamental ter museus em lugares estratégicos para atrair todo tipo de gente. “Em uma cidade como São Paulo, a presença de museus perto do Metrô é incrível justamente porque nesses lugares há uma grande concentração de pessoas que podem ser atraídas e convidadas a participar de shows, espetáculos, exposições”, afirma.


Para a assistente administrativa Janaina Gomes, fica mais fácil levar a filha nesses locais, já que não possui carro. “Além de visitarmos os museus, também podemos fazer um passeio pela cidade, o que é muito importante para mostrar tudo para minha filha”, explica.

Veja as instituições:

Quem descer na Estação da Luz, Linha 4-Amarela, terá espaços para visitar durante um dia inteiro. A Pinacoteca de São Paulo, um dos museus mais antigos da cidade e um dos mais importantes do Brasil, fica ao lado do Parque da Luz.

Já a Estação Pinacoteca reúne 200 obras do acervo da Fundação José e Paulina Nemirovsky, composto por algumas das mais expressivas obras do modernismo brasileiro, de artistas como Lasar Segall, Candido Portinari, Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Victor Brecheret.

No Memorial da Resistência, museu que ocupa o mesmo prédio da Estação Pinacoteca, a entrada é gratuita todos os dias. Lá é possível conferir a exposição de longa duração que faz uma reflexão sobre o controle, a repressão e a resistência no período da ditadura militar no Brasil.


Próximo à Estação Bresser-Mooca, na Linha 3-Vermelha está o Museu da Imigração, onde é possível realizar diversas atividades, oficinas e visitar exposições que refletem o processo migratório. No sábado, a entrada é gratuita.

O Museu da Diversidade Sexual, localizado no Piso-Mezanino da Estação República, Linha 3-Vermelha, tem a proposta de preservar o patrimônio cultural da comunidade LGBT brasileira, além de sensibilizar e conscientizar seus visitantes para o respeito e a valorização da pluralidade de gêneros e orientações sexuais.

No Museu de Arte Sacra de São Paulo, que fica na Estação Tiradentes, Linha 1-Azul do Metrô, há relíquias das histórias do Brasil e do mundo. São mais de 18 mil peças no acervo, remanescentes dos séculos 16 ao 20. As coleções compreendem a arte sacra com prataria, pintura, mobiliário, altares, vestimentas sacras, presépios e livros litúrgicos raros. No sábado, a entrada é gratuita.

Para quem gosta de passear na região da Avenida Paulista, a Casa das Rosas fica bem próxima da Estação Brigadeiro, Linha 2-Verde. No Museu-Casa, é possível participar de saraus, recitais e outras atividades ligadas à literatura e poesia que ocorrem ao longo dos meses. Além disso, é possível se deleitar com o jardim do espaço durante uma boa leitura. O Museu possui entrada gratuita todos os dias.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.