Ativista Luisa Mell dá abrigo a cachorro que foi atropelado por trem da CPTM


Foto: Divulgação/Ilustrativa

A ativista e defensora dos animais Luisa Mell anunciou nesta quarta-feira (17) o resgate do cachorro atropelado por um trem da CPTM(Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). O acidente ocorreu na estação Grajaú, na zona sul da capital, no começo da tarde de terça (16).

Antes do resgate, Luisa havia denunciado o caso em suas redes sociais ao postar um vídeo do animal de olhos fechados e imóvel, com o rabo cortado e sangrando. Segundo ela, guardas da CPTM estariam impedindo que as pessoas presentes no local retirassem o cachorro dos trilhos. “Só quando eu fiquei sabendo e estava a caminho (e comecei a causar) é que chamaram os bombeiros e permitiram o resgate”, contou.


Somente por volta das 17h40 o socorro foi efetuado pela ONG Súplica Animal e o cachorro foi levado para o hospital veterinário da Universidade de Santo Amaro (Unisa), localizado nas imediações. De lá, ele será encaminhado para o Instituto Luisa Mell, onde será internado para outros tratamentos.

A CPTM declarou que “atendendo aos procedimentos de segurança, já que o animal estava agressivo, o Centro de Controle de Zoonoses foi acionado às 15h00, quando foi pedido um prazo de 24 horas para a retirada do cachorro. Por conta do risco de ataque, os funcionários no local orientaram os passageiros a não se aproximarem.”

(*) Com informações da Revista Claudia


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.