PANCADARIA: Cerca de 7 vendedores ambulantes agrediram covardemente 2 seguranças da CPTM


Foto: Divulgação

Dois Seguranças da CPTM foram agredidos covardemente no início da noite do último domingo, dia 7 de julho de 2019, na Estação Jundiapeba, da linha 11-Coral, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo.

A pancadaria começou quando um grupo de cerca de sete ambulantes atacou dois vigilantes durante fiscalização contra o comércio ilegal. De acordo com informações de uma testemunha que presenciou toda a cena, um dos ambulantes conseguiu fugir e seu parceiro de patrulha lutou sozinho contra os ambulantes.


A testemunha relatou ainda que o segurança que não conseguiu fugir apanhou bastante e que ele só não apanhou mais porque era muito habilidoso. “Ainda bem que há segurança com o espírito de segurança me sinto muito feliz em ter um jovem como esse fazendo nossa segurança”, disse a testemunha.

Em nota, a CPTM disse que “no último domingo, 7/7, dois vigilantes foram agredidos por ambulantes durante fiscalização contra o comércio ilegal na Linha 11-Coral (Luz-Estudantes). Os vigilantes desembarcaram na Estação Jundiapeba e os agressores fugiram. A CPTM registrou boletim de ocorrência no 2º DP do município.


A CPTM lembra que é ilegal o comércio ambulante nos trens e estações, de acordo com decreto que regulamenta o transporte ferroviário. A venda de produtos sem origem comprovada pode estar associada a crimes como contrabando, roubo de cargas e furtos por exemplo. 

LEIA TAMBÉM:

A Companhia também orienta que os passageiros não comprem dos ambulantes e denunciem o comércio ilegal pelo SMS-Disque Denúncia, no celular 9 7150-4949, que funciona 24 horas e garante o anonimato do denunciante”.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.