Aproveite o sábado para fazer uma viagem histórica no Expresso Turístico Mogi da CPTM

Cidade oferece roteiros rurais e ecoculturais, destacando-se as trilhas para ciclistas; há um vagão para transportar as bicicletas

Foto: Divulgação

Neste sábado (10), o Expresso Turístico da CPTM terá como destino Mogi das Cruzes. Conhecida como centro produtor de flores, em especial de orquídeas, Mogi também oferece roteiros rurais e ecoculturais, destacando-se as trilhas para ciclistas. Com o objetivo de facilitar o passeio dos cicloturistas, a cidade oferece paraciclos em alguns dos principais pontos turísticos da região central.

Para levar os ciclistas, o Expresso Turístico dispõe de um vagão bicicletário, com 45 vagas e todo o suporte para que as bicicletas sejam transportadas com segurança durante a viagem. A tarifa adicional unitária custa R$ 7,00 por bike. O trajeto até Mogi tem 48 km e dura cerca de 1h30.


O passeio é feito em uma locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952, que conduz dois carros de passageiros, feitos de aço inoxidável, fabricados no Brasil pela Budd – Mafersa nos anos 60. Originalmente, esse trem pertenceu à Estrada de Ferro Araraquara que foi construída em 1898. Cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), os vagões foram restaurados pela CPTM sem perder o estilo.

O embarque é realizado às 8h30 na plataforma 4 da Estação da Luz e a viagem de volta parte às 16h30. São 174 poltronas para acomodar confortavelmente os turistas, além de espaço reservado para cadeira de rodas (com cinto de segurança e ancoragem da cadeira).


O valor unitário da passagem sai por R$ 50,00 (ida e volta), mas há descontos escalonados para aquisição de mais de um ingresso, chegando a 25% em compras a partir de 4 passagens. As bilheterias funcionam nas estações Luz e Santo André, todos os dias, das 9h às 18h. Os interessados podem consultar as datas disponíveis no site da CPTM.

Além da viagem de Mogi das Cruzes que ocorre um sábado a cada três meses, o Expresso Turístico também tem visitas para Jundiaí (um sábado por mês) e Paranapiacaba (aos domingos e três sábados mensais). Lembrando que o bilhete da CPTM contempla somente a viagem de trem até um dos destinos escolhidos. Roteiros complementares, podem ser consultados nos sites dos municípios visitados.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.