ViaMobilidade completa 1 ano operando a Linha 5-Lilás

Com as 17 estações em operação houve um aumento de 90% no fluxo de passageiros 


Com integração à malha ferroviária e aos terminais de ônibus, a Linha 5-Lilás funciona como um dos principais corredores de transporte coletivo na zona sul da cidade, ligando bairros populosos com o centro expandido de São Paulo. Além disso, passa por áreas movimentadas, com complexos hospitalares, centros empresariais e polos comerciais. Em 4 de agosto de 2018, a Linha passou a ser operada pela ViaMobilidade, por meio de contrato de concessão de 20 anos.

Na época o trecho operacional era compreendido por 10 estações de Capão Redondo a Moema e 16 trens em circulação. A Linha transportava 320 mil passageiros por dia útil. Atualmente são transportados quase 600 mil passageiros por dia útil nas suas 17 estações, acréscimo de 90% em relação a 2018, quando a concessionária assumiu. Para atender essa demanda, atualmente estão em circulação 24 trens da frota P, fabricados em 2009.


"A ViaMobilidade investe na capacitação contínua dos seus colaboradores, em melhorias na operação, manutenção e conservação da linha e no atendimento de qualidade, oferecendo transporte ambientalmente sustentável e de alto desempenho. E trabalha diariamente para levar conforto, agilidade e segurança aos passageiros", afirma Francisco Pierrini, diretor-presidente da ViaMobilidade.

Histórico
A Linha 5-Lilás foi construída em fases, com início em 1998 pela CPTM e aberta para a operação pelo Metrô em outubro de 2002, com 8,4 km, um pátio de manutenção e estacionamento (Pátio Capão Redondo) e seis estações: Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro e Largo Treze. Oito trens da Frota F atendiam a este trecho.

A segunda fase teve o início de sua construção em 2009 com a estação Adolfo Pinheiro, inaugurada 2014. Em 2017 foram abertas as estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin. Em 2018 foram inauguradas as estações Eucaliptos (março) e Moema (abril) e AACD-Servidor. Em abril de 2019, a última estação da linha a ser inaugurada foi a Campo Belo.

Obras na Estação Capão Redondo
Para atender ao expressivo crescimento de demanda, a concessionária iniciou no dia 31 de julho obras de melhorias na estação Capão Redondo para facilitar o fluxo de passageiros, atualmente em torno de 100 mil pessoas em dias úteis. Entre os serviços programados, estão a ampliação do espaço de entrada, implantação de uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumento do número de catracas. A área de acesso à estação será ampliada em 63%.

Ainda como parte da adequação da estação, construída em 2000, a escadaria da calçada será substituída por uma rampa, com ligação direta à área das catracas, para oferecer acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, as máquinas de autoatendimento e recarga de bilhetes serão reposicionadas.

As mudanças contribuirão para aumentar a fluidez no embarque e desembarque, especialmente em horários de maior movimentação. Ao término das adequações, a capacidade de absorção do fluxo de passageiros vindos da rua crescerá 40%. O número de catracas também terá acréscimo de aproximadamente 40%.


A previsão é de que as obras sejam concluídas na primeira quinzena de novembro deste ano. Não haverá impacto na operação da linha durante as intervenções, pois os serviços serão realizados em áreas segregadas ou no período noturno.

Mais informações sobre a Linha 5-Lilás:

Concessão
Em janeiro de 2018, o Governo do Estado de São Paulo outorgou à ViaMobilidade a concessão das linhas 5-Lilás de metrô e 17-Ouro de monotrilho. Colaboradores da concessionária realizaram treinamentos técnicos, de campo e de operação supervisionada pelo Metrô e, a partir de 4 de agosto de 2018, a ViaMobilidade assumiu a operação completa da linha.

A concessão, que tem validade pelos próximos 20 anos, contados a partir 4 de agosto, contempla investimentos de mais de R$ 3 bilhões em manutenção, conservação, melhorias, requalificação, adequação e expansão das linhas ao longo do contrato.

Estações - A Linha 5-Lilás conta com 17 estações em operação: Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro, Largo Treze, Adolfo Pinheiro, Alto da Boa Vista, Borba Gato, Brooklin, Campo Belo, Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin.

Integração – Pela Linha 5-Lilás, o passageiro pode fazer conexões com a Linha 9-Esmeralda da CPTM na Estação Santo Amaro, com a Linha 1-Azul de metrô na Estação Santa Cruz e com a Linha 2-Verde de metrô na Estação Chácara Klabin. Quando completa, as transferências poderão ser feitas com a Linha 17-Ouro de monotrilho na Estação Campo Belo.

Achados e Perdidos
O setor fica localizado na Estação Adolfo Pinheiro (rua av. Adolfo Pinheiro, 301). O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, exceto feriados.

Bicicletários
Possuem bicicletários as estações Alto da Boa Vista (100 vagas), Borba Gato (84 vagas), Brooklin (30 vagas), Campo Belo (144 vagas), Eucaliptos (92), Moema (68 vagas), AACD-Servidor (36 vagas), Hospital São Paulo (30 vagas) e Santa Cruz (80 vagas). Os espaços funcionam das 6h às 22h diariamente.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.