IMPORTANTE: Prazo para utilizar créditos de bilhete único anônimo termina no dia 30


Foto: Reprodução

Falta menos de uma semana para que as pessoas que ainda têm mais de R$ 43 em créditos comuns no Bilhete Único não personalizado usem esse saldo, sob risco de o valor ficar bloqueado.

Até a próxima segunda-feira, os saldos superiores a R$ 43 que estiverem num cartão do modelo antigo poderão ser usados. Segundo a SPTrans, até o dia 4 de setembro, havia 31 mil cartões sem personalização em uso com créditos do tipo comum acima de R$ 43.


A partir de terça-feira, se o valor disponível em crédito do tipo comum for maior que R$ 43, ele será totalmente bloqueado.

Nesse caso, a pessoa terá o valor de volta ao fazer um bilhete personalizado (veja como nesta página).

Desde fevereiro, somente bilhetes personalizados são emitidos em São Paulo e houve limite à carga de créditos comuns naqueles sem personalização. A medida visa combater fraudes no uso do Bilhete Único.

O Metro Jornal mostrou na semana passada que neste ano, até julho, 846,3 mil Bilhetes Únicos foram cancelados por suspeita ou comprovação de fraude, 54% a mais do que a quantidade que foi bloqueada no mesmo período do ano passado.

DE OLHO NO PRAZO

• Só pode carregar até R$ 43 em créditos do tipo comum, equivalente a dez tarifas
• Se tiver mais de R$ 43 de créditos do tipo comum, o valor excedente precisa ser usado até 30 de setembro



Bilhete personalizado
• Pode ser carregado com até R$ 350 de créditos do tipo comum
• É o único tipo emitido atualmente

PERGUNTAS E RESPOSTAS
Se eu não usar o valor que for maior de R$ 43 até dia 30, o que acontece?
Precisa tirar o bilhete único com identificação e foto e, então, transferir o saldo para o cartão novo

Como faço para tirar o cartão personalizado?
Você deve fazer o cadastro no site da SPTrans e depois retirar o bilhete em qualquer posto da autarquia.

Onde ficam os postos?
A relação de postos está no site da SPTrans.

(*) Com informações do Jornal Metro


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.