CPTM estenderá Linha 7-Rubi até a Estação Brás

 A mudança permitirá padronizar em 6 minutos o intervalo de Francisco Morato a Brás, nos horários de pico

Foto: Eduardo Ganança

A partir desta segunda-feira (28/10), a Linha 7-Rubi passa a operar entre as estações Jundiaí e Brás nos dias úteis, em período experimental. A nova estratégia facilitará o deslocamento dos passageiros que terão uma opção a mais de conexão com a chegada do trem até o Brás.

“Estamos oferecendo aos passageiros da Linha 7 uma nova opção que hoje ele só consegue se fizer transferência na estações Palmeiras-Barra Funda ou Luz”, explica Pedro Moro, presidente da CPTM. “Além disso, também facilitamos o deslocamento do público das linhas 10, 11, 12 e 13 que usam a Estação Brás nos dias da semana e agora poderão ser beneficiados com a chegada dos trens da Linha 7”, conclui.


O embarque e desembarque para os passageiros provenientes da Linha 7 será feito pela plataforma 2, na Estação Brás. A expectativa é padronizar o intervalo médio da Linha 7-Rubi em seis minutos, entre Francisco Morato e Brás. Atualmente, os trens operam com intervalos de 8 minutos de Francisco Morato a Caieiras, e 6 minutos de Caieiras a Luz.

Com a mudança, a Linha 7 que já é maior em extensão, passará a operar uma extensão de 62,7 quilômetros, ante os 60,5 km atuais, e o número de estações sobe de 18 para 19. Já a Estação Brás se consolida como a maior da CPTM, atendendo cinco linhas (7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade), além da integração gratuita com a Linha 3-Vermelha do Metrô.


Ao oferecer esta nova opção de deslocamento, a medida otimizará o fluxo de passageiros entre as três estações centrais (Brás, Luz e Palmeiras-Barra Funda). Aos sábados e domingos, quando a demanda é menor, a Linha 7 voltará a operar entre Jundiaí e Luz.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.