NOVIDADE: Uber lança modo de viagem para levar animal de estimação

Para levar o bichinho, o passageiro deverá selecionar a opção "Uber Pet" e pagar uma taxa extra sobre o valor da corrida

Foto: Andrey Popov


Um novo recurso do Uber permitirá que animais de estimação também peguem caronas no aplicativo de transporte, junto com seus donos. Chamada de Uber Pet, a função vai começar a ser liberada para cidades selecionadas a partir do dia 16 de outubro nos Estados Unidos.

Para levar os bichinhos, o passageiro pagará uma taxa de US$ 3 a US$ 5 sobre o valor da corrida. O Uber Pet será mais uma opção no app ao lado de Uber X, Uber Black e Uber Juntos. Até então, o aplicativo recomendava que o usuário entrasse em contato com o motorista para avisar que estava levando um animal. Como alguns motoristas têm alergias ou não querem sujeiras no carro, muitas vezes as corridas eram canceladas.


Com o Uber Pet, os motoristas que não quiserem animais no carro detalham essa condição no aplicativo, afirma a empresa. “Esse novo recurso permite que você comunique a um motorista que vai levar um amigo peludo (ou com escamas!) na corrida do Uber”, disse a empresa em postagem em seu blog.

“Construímos essa função para dar tranquilidade aos motoristas. “Ainda não há previsão para o Uber Pet chegar ao Brasil.


Nova modalidade

Semana passada, o Uber também anunciou o lançamento da categoria Comfort no Brasil. Mais cara que a UberX, a função terá carros mais espaçosos, motoristas mais experientes e permitirá que passageiro escolha a temperatura do carro e até peça para o motorista conversar ou ficar em silêncio durante a viagem.

Lançado nos EUA em julho, o Comfort chegará ao País em novembro. De acordo com a companhia, a nova modalidade foi criada pensando nos usuários frequentes do aplicativo. “Muita gente já passou por situações assim. Você entra no carro cansado e tudo o que precisa naquele momento é de um pouco de sossego”, disse, em nota, Claudia Woods, diretora-geral do Uber no Brasil.


            VEJA TAMBÉM:           

Tecnologia do Blogger.